Panificadora 5 Estrelas

Panificadora 5 Estrelas
Panificadora 5 Estrelas

Liquigas

Liquigas
Em Buriti dos Lopes-PI

Buriti dos Lopes

Buriti dos Lopes
(86) 3363-1301/Whats:99428-0242/99808-7404

D'Guster

D'Guster
Rua:Josias Leodido

Posto São João

Posto São João
Em Cajazeira de Baixa

Casa da Carne

Casa da Carne

Posto Cidade

Posto Cidade
Em Buriti dos Lopes

terça-feira, 11 de abril de 2017

Em Parnaíba, policia é acionada para pronto socorro após médica negar atendimento.


A Polícia Militar de Parnaíba, no litoral do Piauí, foi acionada na noite dessa segunda-feira (10/04) após receber a denúncia de que uma médica estaria se negando a atender a população que buscava atendimento no Pronto Socorro Municipal, localizado no bairro Nova Parnaíba. Segundo testemunhas, mais de 20 pessoas esperaram quase duas horas na recepção para receber a informação de que a profissional havia se negado a trabalhar.


A dona de casa Cristiane Brandão Veras foi uma das pessoas que buscava atendimento no pronto do município. Com uma dor forte no peito, ela esperava ter sido atendida com urgência. Assim como ela, outras mulheres, crianças e idosos estavam na fila. Devido ao transtorno, alguns procuraram o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA) ou até mesmo foram embora.


“Quando eu cheguei já tinham vários pacientes esperando há algum tempo por atendimento. Um médico que iria entrar no plantão mais tarde foi até esta doutora para saber porque ela não estava atendendo. Ele retornou e nos informou que ela havia se negado a atender a gente. Mesmo sendo horário dela, a médica foi vista inúmeras vezes no estacionamento do hospital aparentemente conversando com um homem, que acreditamos ser um namorado”, informou Cristiane Brandão.


De acordo com os servidores do pronto socorro, a médica deveria ficar de prontidão no consultório médico até às 23h, horário pela qual é realizada a troca de plantonista. Populares informaram que por volta das 21h a profissional identificada apenas como Dra. Emanuele, já não estava no posto de trabalho. O fato gerou revolta e a polícia teve que ser acionada para acalmar os ânimos.

Secretário é chamado

O secretário municipal de saúde, Dr. Valdir Aragão, esteve pessoalmente no local e informou que todos os profissionais que cometerem o mesmo erro dessa segunda-feira (10) serão afastados do pronto socorro.

“Ainda irei ouvir a versão da médica. Os ânimos estão exaltados e preciso ouvi-la com calma. A direção deverá encaminhar um relatório para a secretaria e lá tomaremos as providências cabíveis. Assim que me telefonaram vim imediatamente, até porque se não tivesse médico, eu mesmo vestiria o jaleco e atenderia. Médico que tratar mal pacientes no pronto socorro, infelizmente não ficará por aqui”, disse o secretário.

Por Kairo Amaral

Nenhum comentário: